Sobre Nós


Associação para o Desenvolvimento e Promoção do BIM no Estado de Pernambuco (ABIMPE) é uma associação sem fins lucrativos que tem como objetivo principal a promoção do desenvolvimento tecnológico, a normatização de procedimentos, de ferramentas e de elementos de uso comum do Building Information Modeling (Modelagem de Informação da Construção – BIM), seja em escala estadual, regional, nacional ou internacional.

HISTÓRIA

Em 2015 realizou-se em Recife o VII Encontro de Tecnologia de Informação e Comunicação na Construção (TIC), com o tema “EDIFICAÇÕES, INFRAESTRUTURA e CIDADE: do BIM ao CIM”. Nesse evento participaram profissionais, professores, pesquisadores e desenvolvedores de software da indústria da arquitetura, engenharia, construção e operação (AECO) com objetivo de discutir as TICs e especificamente o BIM e o CIM. A partir desse evento foi criado um grupo nas redes sociais que congregou os principais profissionais que despontam na vanguarda do uso da tecnologia BIM no Estado de Pernambuco, possuindo membros que já possuem reconhecimento no Brasil e no exterior e grupos de pesquisas em instituições como a Universidade Federal de Pernambuco. Passado pouco mais de um ano do VII TIC percebeu-se que, para que as discussões pudessem efetivamente contribuir com a consolidação do BIM no Estado, seria fundamental a criação de uma associação independente, autônoma e que pudesse lutar pela efetiva implementação e consolidação do BIM em Pernambuco, com possíveis impactos na região e no país. Assim, no ano de 2017 foi dado início ao processo de formalização da ABIMPE e seu lançamento oficializado em de dezembro de 2017 durante o 2º BIMDAY Pernambuco.

PROPÓSITO

Contribuir com as políticas públicas, industrial, tecnológica da AECO, relacionadas com a promoção dos instrumentos do BIM; Alavancar oportunidades tecnológicas relacionadas às TICs para a AECO e promover o desenvolvimento de bens e serviços, transferindo-os para a sociedade, para a satisfação do interesse público; Celebrar acordos, convênios, contratos e demais instrumentos jurídicos necessários, para a disseminação do conhecimento técnico-científico no âmbito do BIM; Cooperar e se afiliar com instituições congêneres nacionais, estrangeiras, transnacionais ou internacionais públicas ou privadas, para obtenção de apoio financeiro, incentivos fiscais e captação de recursos de risco; Realizar e apoiar congressos, simpósios, seminários e conferências para a difusão dos trabalhos técnicos relacionados ao BIM; Incentivar a formação de recursos humanos qualificados, em particular na área de tecnologia da informação e comunicação para a AECO; Desenvolver, gerar bens e/ou licenciar, para utilização de terceiros, produtos e serviços de alta tecnologia, relacionados com a sua produção científica e tecnológica.